quarta-feira, 2 de novembro de 2011

PROJETO " DOCE DE LETRAS"

1. Problemática


    Para que a criança seja um bom um leitor, se faz necessário que ele entenda a importância que a leitura representa no seu dia-a-dia e desenvolva assim o gosto pela mesma. Como desenvolver nos alunos o gosto pela leitura e interagir a família nesta parceria?

2. Tema norteador:

     Este projeto possibilitará aos alunos adquirir, através dos livros de diferentes gêneros textuais, a prática e o gosto pela leitura; levando-os a descobrir o quanto a leitura pode ser prazerosa, o quanto ela é importante e faz parte do nosso dia-a-dia.
     É de suma importância fazer da leitura uma satisfação plena; e a criança só irá encontrar esta satisfação, quando entender a sua importância.
A união de esforços da escola, da iniciativa da professora visaum objetivo comum: proporcionar ensino de qualidade para todos.

3. Justificativa:

     Em decorrência à modernidade e aos avanços tecnológicos, vários conceitos e costumes tem se perdido com o passar dos anos, e um deles é o ato de ler. O hábito de leitura não tem sido muito valorizado, não só por parte dos alunos, mas também por parte de alguns professores e dos próprios pais. Várias pesquisas já mostraram que o professor que não lê, com certeza não ensina leitura para seus alunos, e os alunos que não encontra na família nenhuma referencia sobre este assunto, dificilmente se sentirão motivados a fazerem qualquer tipo de leitura.

Segundo a Revista Nova Escola (abril, 2008) “para alguém se interessar por livros na vida adulta, é fundamental que a palavra escrita esteja ao seu alcance desde cedo”.

      A leitura é de suma importância para o aprendizado da criança; é um dos principais instrumentos para que ela construa seu conhecimento. É nesta fase que elas aprendem e desenvolvem capacidades e habilidades da linguagem, aumentando assim o seu vocabulário.
      O ato de ler permite o exercício da fantasia, fazendo com que a criança construa um mundo imaginário. Expandindo assim, através dela, o seu mundo. Segundo entrevista da escritora Tatiana Belinky à Revista Nova Escola (abril, 2008), “A fantasia é tudo. O livro é um objeto mágico, muito maior por dentro do que por fora. Por fora ele tem dimensão real, mas dentro dele cabe um castelo, uma floresta, uma cidade inteira... Um livro a gente pode levar para qualquer lugar. E com ele se leva tudo”.
     Fazer de cada criança um leitor requer atividades diárias em que a garotada tenha a oportunidade de ler, trocar idéias, comentar notícias e muito mais. A escola é um dos melhores lugares para desenvolver a satisfação pela leitura, mas é importante que os alunos também tenham esta satisfação fora do ambiente escolar, para isso é essencial a participação da família nesta empreitada.
     Este projeto possibilitará aos alunos adquirir, através dos livros de diferentes gêneros textuaisa prática e o gosto pela leitura; levando-os a descobrir o quanto a leitura pode ser prazerosa, o quanto ela é importante e faz parte do nosso dia-a-dia.
      É de suma importância fazer da leitura uma satisfação plena; e a criança só irá encontrar esta satisfação, quando entender a sua importância.





4. Objetivos Gerais:
  • Estimular no aluno o interesse pela leitura ,de forma que o mesmo faça tentativas de leitura e escrita utilizando-se dos conhecimentos já adquiridos e fazendo previsões com base nos mesmos e demais recursos que os textos apresentam em geral e fazê-lo perceber a ação humana através do tempo.

  • Fazer de cada criança um leitor propiciando atividades diárias em que a garotada tenha a oportunidade de ler, trocar idéias, comentar notícias e muito mais.

  • Apropriar-se do sistema de escrita alfabéticae sua função social.


5. Objetivos Específicos:


  • Refletir sobre o sistema alfabético com base na leitura de nomes próprios, rótulos de produtose outros materiais-lista,calendário,cantigas e títulos de histórias,porexemplo,sendo capaz de se guiar pelo contexto, antecipar e verificar o que está escrito.

  • Conhecer e recontar um repertório variado de textos literários, preservando os elementos da linguagem escrita.

  • Ler textos conhecidos de memória, como parlendas, adivinhas , músicas, de maneira a descobrir o que está escrito em diferentes trechos do texto, fazendo o ajuste do falado ao que está escrito e o uso do conhecimento que possuem sobre o sistema de escrita.

  • Apropriar-se de novas palavras.
  • Conhecer e escrever as representações das letras maiúsculas do alfabeto em ordem alfabética.
  • Escrever as letras do alfabeto.
  • Fazer relação entre figura e letra inicial do nome que a representa.
  • Formação de palavras por meio do alfabeto móvel.
  • Escrever da esquerda para a direita com espaçamento entre as palavras.
  • Construir o conceito das sílabas.
  • Tentar escrever palavras progredindo quanto à hipótese de escrita.
  • Pronunciar corretamente as palavras.
  • Escrever lista de palavras do mesmo grupo semântico, com função social( lista de brinquedos, lista de animais, lista de amigos)
  • Substituir letras para a formação de novas palavras (rato,pato,gato)
  •  Escrever usando a hipótese silábica, com ou sem valor sonoro convencional.
  •  Identificar rimas no poema.
  • Compreender que o poema é composto por versos e estrofes
  • Construir palavras sabendo valor sonoro e aplicar corretamente através do método fônico.
  •  Compreender a junção da consoante mais a vogal para a formação das sílaba ( BA-BE-BI-BO-BU-BÃO ).
  • Ter a capacidade de completar palavras com letra e sílabas que faltam.
  • Exercitar a segmentação da escrita em atividadespontuais como: cruzadinhas, caça-palavras e ditados recortados...


6. Conteúdos curriculares:

 Linguagem oral -Leitura e oralidade
 Linguagem escrita – Produção textual
 Análise e reflexão sobre a língua – Sistema alfabético, gramática e ortografia


7. Metodologia

Preparação com relaxamento

  1. Usar a musicainstrumental do cd da NATURA “ Nana neném”.
  2. Com voz calma, pedir às crianças que se deitem no chão e fechem os olhos.
  3. Colocara música para tocar. As crianças devem respirar profundamente e depois soltar o ar devagar.
  4. Em seguida, elas devem imaginar uma bolha de sabão, como orienta a professora: "Imagine a cor, o tamanho, os lugares lindos por onde ela está voando. Imagine um lugar calmo, tranqüilo, com gramado, cheio de flores e pássaros, ouça os cantos diferentes de cada espécie. Agora, imagine sua bolha de sabão voando pela cidade e passando perto da sua casa".
  5.  A professora conta que a bolha carrega o sonho de cada criança. Perguntar: "qual é o sonho que sua bolha carrega dentro dela? O que você quer conquistar?
  6. Ler pausadamente o poema “BOLHAS” de Cecília Meireles

2. Registro no papel

  •  A professora distribui para as crianças uma folha com o poema “BOLHAS” DE Cecília Meireles.
  • Vamos fazer a leitura coletiva do poema varias vezes.
  •  Distribuir círculos de papel-ofício para a classe.
  •  Na folha, as crianças devem desenhar uma bolha de sabão. Dentro, devem registrar o sonho que ela carregou e o que sentiram na atividade anterior. Lembre-as de desenhar também o lugar por onde a bolha voou.
  • Quando todos terminarem os desenhos organize uma apresentação. Cada um deve contar para a classe qual é seu sonho e por onde sua bolha passeou.
  • Coloque as bolhas nas paredes em um espaço expositivo, para que outras pessoas possam apreciar o trabalho. Não se esquecer de anexar um textinho explicando como a atividade foi realizada.


Hora de brincar
  • Depois de imaginar a bolha de sabão, é hora de vê-la voar na prática.
  • Levar as crianças para o pátio da escola e vamos nos divertir . A direção da escola comprou o brinquedo que faz bolhinhas de sabão e agora nós vamos brincar.Quando soltar as bolhas solicitar que as crianças falem seus desejos:'Na minha bolha eu levo o sonho de que nunca falte alimento para nenhuma criança'. Outros: 'Professora, meu sonho é ser prefeito, para cuidar da cidade e melhorar as ruas do meu bairro'".
  •  Conversar com os alunos , respondendo às perguntas: Por quais lugares sua bolha de sabão passeou? Qual foi o sonho que ela carregou?
  • Circular no poema a palavra BOLHA.
  •  Fazer um acróstico da palavra Bolha no quadro e depois copiar no caderno.

BOLHAS

OLHA A BOLHA D'ÁGUA

NO GALHO!

OLHA O ORVALHO!
OLHA A BOLHA DE VINHO

NA ROLHA!

OLHA A BOLHA!

OLHA A BOLHA NA MÃO

QUE TRABALHA!

OLHA A BOLHA DE SABÃO

NA PONTA DA PALHA:

BRILHA, ESPELHA

E SE ESPALHA

OLHA A BOLHA!

OLHA A BOLHA

QUE MOLHA

A MÃO DO MENINO:

A BOLHA DA CHUVA DA CALHA !


CECÍLIA MEIRELES



“Atividades do projeto “
  • Caça palavras com a letra b.
  • Recortar de jornais ou revistas palavras iniciadas com a letra b.
  •  Cruzadinha de palavras com a letra b.
  • Trabalhar a música “Bolinhas de sabão”,do Trio Esperança.
  • Ouvir a música, leitura coletiva da letra da música, cantar a música acompanhando o cd, circular as palavras iniciadas pela letra b, ilustrar a música e depois vamos soltar bolinhas de sabão ouvindo a música.
  • Ditado recortado de com palavras iniciadas com a letra b.
  • Escrita espontânea de palavras iniciadas com a letra b.
  • Roda da leitura fruitiva.
  • Noite literária em comemoração ao DIA DO LIVRO, 18 de abril.


AVALIAÇÃO

     Os alunos do 1º ano junto com os pais e a professora apresentando o poema BOLHAS, de Cecília Meireles na Noite literária.
   As apresentações foram maravilhosas, toda a escola se envolveu em busca de um único objetivo “o gosto pela leitura”.
        Tivemos a participação dos pais, comunidade, as coordenadoras da  secretaria municipal da educação, da professora Adair que é doutora em literatura infantil e do jornal.
       Quero ressaltarqueo trabalho com e tema “NOITE LITERÁRIA” com diferentes  gêneros textuais ,se pretendeu sobre tudo incentivar a leitura e a escrita. Por isso, esse trabalho acertadamente afirma que estamos em uma “batalha” e para ganhá-la precisamos de armas adequadas, de desenho de estratégias, de objetivos claros e de uma boa formação dos atores envolvidos, que somos” NÓS” os professores.






Palavras iniciadas com a letra c.



Leitura fruitiva na colcha de retalhos.


Música Bolinhas de sabão.

Ilustração da viagem imaginária na bolha de sabão.

Pintando palavras significativas.

Roda da leitura.

Brincando com o poema no pátio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário